Obrigada por tornar este forum activo **
 
InícioPortalCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 A Filha de Ártemis

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Mizore
Guerreira Lendária
Guerreira Lendária
avatar

Mensagens : 2778
Data de inscrição : 14/08/2011
Idade : 21
Localização : no meu trono cor de rosa, acho ._.

MensagemAssunto: A Filha de Ártemis   Qui Fev 21, 2013 2:19 pm


O meu nome é Dylan Young, tenho 18 anos. Comecei a viver sozinha faz pouco tempo porque a minha casa era muito distante da Universidade para onde eu iria estudar.
Sou exatamente como tu, alguém banal, com um passado e talvez um futuro normal. Era exatamente isso que eu pensava antes do meu primeiro dia de aulas em que encontrei uma porta misteriosa que nunca devia ter atravessado, aí eu descobri que eu não era apenas a Dylan uma rapariga vulgar de Nova Iorque.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Vepa
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 17061
Data de inscrição : 07/03/2011
Idade : 25
Localização : Francelos, Porto

MensagemAssunto: Re: A Filha de Ártemis   Sex Fev 22, 2013 11:24 am

Gostei da introdução Smile
Continua Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://otaku-rpg.forumeiros.net
Mizore
Guerreira Lendária
Guerreira Lendária
avatar

Mensagens : 2778
Data de inscrição : 14/08/2011
Idade : 21
Localização : no meu trono cor de rosa, acho ._.

MensagemAssunto: Re: A Filha de Ártemis   Sex Fev 22, 2013 2:35 pm

Obrigada Vepa-chan ; 3
Espero que também goste do 1º capítulo

Capítulo 1
______________________


Era uma manhã temperada, havia algum nevoeiro e nem estava tão frio como era costume dos últimos dias.
Cobri a minha boca com o cachecol que trazia à volta do pescoço e olhei em volta, as ruas estavam agitadas como de costume, o transito era abundante e as buzinas estridentes soavam frequentemente, trabalhadores fumavam um último cigarro antes de entrar no seu turno da manhã, estudantes davam uma revisão nos livros que traziam nos braços.
Caminhei num passo vigoroso pela rua, as aulas começavam em quinze minutos, era o meu primeiro dia na faculdade de Artes, eu estava desencontrada de algumas amigas que entraram comigo na faculdade.
Olhei em volta na esperança de encontrar alguém conhecido, mas, toda a gente parecia demasiado tranquila para estar na mesma faculdade que eu, nesta hora toda a gente estaria apressada para chegar a horas à aula.
Comecei a correr até à faculdade, quando lá cheguei, os corredores se esvaziavam cada vez mais, havia gente remexendo nos respetivos cacifos enquanto confirmava o horário e algumas folhas.
Eu retirei um papel do bolso e vi o número da sala.
-Sala E 2.3, primeiro piso. - eu li em voz alta
-Eu também vou para essa sala. - uma voz feminina falou atrás de mim.
Virei-me para ver quem era a pessoa e olhei a menina de cima a baixo. Era loira, alta, com olhos esverdeados bem grandes, pele clara e rosto oval.
-Eu a Melinda, - ela estendeu a mão enquanto sorria amavelmente - como te chamas?
-Eu sou a Dylan. - eu respondi apertando a mão de Melinda.
Ela olhou indiscretamente o papel que eu acabara de ler e deu um leve sorriso.
-Também és de Belas Artes?
-Na verdade sou de Design, mas, sugeriram-me que fizesse algumas aulas da faculdade de Belas Artes para desenvolver melhor a introdução ao Design.
Melinda começou a explicar-me como eram as aulas da professora VanHouten, a professora que ia dar-nos a primeira aula para a qual já estavamos atrasadas.
Por fim havíamos chegado à sala, eu coloquei a mão na maçaneta hesitante ao lembrar-me da reprimenda que iríamos receber, olhei para Melinda e ela apenas assentiu num gesto amigável de me insentivar a abrir a porta.
Bati à porta três vezes e mal ouvi um 'entre' abafado do outro lado da porta rodei a maçaneta, abrindo a porta. Observei a sala, a professora VanHouten ainda estava a fazer a chamada, era uma mulher alta de cabelos castanhos até aos ombros e olhos cor de caramelo.
-As meninas estão atrasadas. - a professora VanHouten repreendeu-nos.
-Desculpe. - eu disse entre um suspiro.
A professora encolheu os ombros como se não importasse e se dirigiu ao quadro, escrevendo 'Mrs. Marie VanHouten'.
Seria provavelmente o seu nome completo, acordei dos meus pensamentos quando Melinda me tocou nas costas e apontou para duas carteiras no fundo da sala.
-Vamos sentar-nos ali. - ela sugeriu apontando discretamente.
-Tudo bem. - eu sorri e ambas nos sentamos nas carteiras do fundo.
A professora VanHouten, estava distraída remexendo em algumas folhas e no livro de turma. Estava a ficar entediada, então, abri o meu estojo, peguei numa folha e comecei a rabiscá-la para matar o tédio.
Quando eu estava no auge da distracção a professora VanHouten cortou o barulho de toda a turma com um brado alto. Depois, ela baixou o tom de voz, olhou na minha direcção e na de Melinda e perguntou.
-Vocês são Dylan Young e Melinda Parker, certo?
-Certo. - eu afirmei e olhei para Melinda que apenas assentiu.
A professora murmurou algo e de seguida falou para toda a turma.
-Abram os seus livros de História da Arte na quarta página. - VanHouten ordenou retirando os seus livros da pasta.
Coloquei o pesado livro em cima da mesa e abri-o na página indicada, e dei um breve olhadela na página e pude verificar que não passava de uma introdução à História das Artes, falava de variados tipos de Artes e destacava a Arte na Antiguidade e a Arte Rupestre.
Eu apoiei os cotovelos sobre o tampo da mesa e fiquei a ouvir o que a professora VanHouten tentava explicar enquanto cortava o ar com gestos que usava frequentemente.
Quando a professora pretendia começar uma introdução às aguarelas e quadros a óleo a sua voz foi abafada e interrompida pelo toque estridente da campainha.
A professora olhou para as horas um tanto quanto admirada e de seguida avisou.
-Leiam esta matéria que íamos começar, seria bom que já tivessem algum conhecimento global sobre ela para a próxima semana.
VanHouten foi ouvida por pouco alunos, pois, a maioria tinha corrido para o exterior da sala e corria freneticamente pelos corredores. Eu e Melinda permanecemos na sala até toda a multidão sair da sala e depois fomos para o intervalo calmamente.
-Então, - Melinda quebrou o silêncio - quantos anos tens?
-18 anos, - eu respondi enquanto caminhava até ao pátio - e tu?
-19... - ela suspirou - Repeti o 12º , precisava de melhores notas para entrar em Belas Artes.
-Huh... - eu murmurei - Já tens a chave do teu cacifo?
-Já, - ela afirmou tirando uma chave do bolso e abanando-a na frente dos meus olhos - devias ir buscar a tua à secretaria.
-Como sabes que não tenho a minha?
-Meio que óbvio. - ela riu.
Eu sorri e mudei a minha rota dirigindo-me para a secretária, abri a porta de vidro e me dirigi ao balcão de madeira envernizada, me coloquei em pontas de pé pois o balcão era muito alto e eu era um pouco baixa.
-Bom dia. - eu saudei a senhora de cabelos grisalhos.
-O que deseja menina?
-Eu vinha busar a chave do meu cacifo. - respondi.
-Qual é o seu nome? - a senhora perguntou se virando para o computador.
-Dylan Young.
Ela se concentrou no computador, digitou algo, penso que teria sido o meu nome. Focou os olhos em algo e fez um clic com o mouse.
-Cacifo nº 230, corredor nº 5. - ela indicou estendendo uma chave.
-Muito Obrigada. - eu agradeci e sai da secretaria com Melinda.
Analisei a chave com atenção o porta-chaves tinha um rótulo que dizia 'Dylan Young - 230'.
-Sabe onde é o corredor nº 5, Mel? - perguntei a apelidando de 'Mel'
-Nem por isso, Dyl - ela respondeu retribuindo o apelido.
Fomos as duas procurar o meu cacifo que pelos vistos era muito afastado do dela, guardei os meus livros lá e apenas fiquei com os que necessitava para a próxima aula. Entetanto Melinda foi até ao seu cacifo e disse que se encontrava comigo na sala de aula.
O intervalo era curto, eu ainda estava a beber o meu café quando a campainha tocou. Dei um último gole no café de depois pousei a chávena por cima da mesa do bar.
Sai num passo apressado até à sala A 1.7 onde eu teria uma aula de Geometria Descritiva, coloquei a mão na maçaneta sem nem bater, abri a pota e entrei num enlance rápido.
Uma luz forte fez com que os meus olhos se fechassem e quando os abri eu não estava mais na Universidade. Aliás, eu não tinha ideia de onde estava.
Olhei em volta e vi um tempo Grego erguido sobre pilares rijos de pedra do estilo jónico, jardins verdes e alguns edifícios mais pequenos num extremo do horizonte azulado.
-Bem-vinda, filha de Ártemis. - uma mulher ruiva saudou-me.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Takeru
Admin 3
Admin 3
avatar

Mensagens : 8407
Data de inscrição : 10/03/2011
Idade : 22
Localização : Porto, Gaia , Oliveira do Douro

MensagemAssunto: Re: A Filha de Ártemis   Sex Fev 22, 2013 4:43 pm

Eu gostei, mas tens aí alguns lapsos:
*Repetiste muitas vezes porta ( ...a abrir a porta.
Bati à porta três vezes e mal ouvi um 'entre' abafado do outro lado da porta rodei a maçaneta, abrindo a porta. )
*Começaste com letra minúscula em várias ocasiões ( -Então, - Melinda quebrou o silêncio - quantos anos tens? )
*Meteste, virgulas inadequadas (Então, - Melinda quebrou o silêncio - ... )
*Insentivar ? Acho que era incentivar
*Escreveste "Entetanto" em vez de Entretanto
*Escreveste "Sai" em vez de "Saí", querias falar que o narrador saiu, certo?

_________________

Spoiler:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://animemanga.ativo-forum.com/forum
Mizore
Guerreira Lendária
Guerreira Lendária
avatar

Mensagens : 2778
Data de inscrição : 14/08/2011
Idade : 21
Localização : no meu trono cor de rosa, acho ._.

MensagemAssunto: Re: A Filha de Ártemis   Sex Fev 22, 2013 5:02 pm

Hai : D
Obrigada pela correção, Takeru.
Tentarei melhorar esses pontos no próximo capítulo (:
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Aegina
Guerreira Lendária
Guerreira Lendária
avatar

Mensagens : 2541
Data de inscrição : 14/03/2011
Idade : 19
Localização : Cambridge

MensagemAssunto: Re: A Filha de Ártemis   Sex Fev 22, 2013 5:25 pm

A ideia em si não é de todo má, o que eu não gosto é, até agora, que parece uma história baseada em Percy Jackson, mas vamos ver como vai desenvolver. Segundo ponto, eu sei que você quer escrever uma fanfic sobre uma filha de Ártemis, porém, vale lembrar que ela é uma das Deusas Donzelas e supostamente não deveria ter filhos, então, espero que apareça alguma justificativa para isto, pois de bom grado ela não quebraria seu voto. Terceiro, a pontuação realmente não está boa, tem algumas vírgulas foras de lugar e bem o que o Teo disse. E por último, mais descrição, um texto fica muito melhor quando se descreve com mais profundida os pensamentos, sensações, lugar e aparência onde a personagem está. Claro que não precisa ser exagerado, falando sobre cada detalhe, mas ainda assim, seria bom detalhar mais as coisas.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mizore
Guerreira Lendária
Guerreira Lendária
avatar

Mensagens : 2778
Data de inscrição : 14/08/2011
Idade : 21
Localização : no meu trono cor de rosa, acho ._.

MensagemAssunto: Re: A Filha de Ártemis   Sex Fev 22, 2013 5:34 pm

Obrigada pelas dicas, Aegina. (:
Tentarei melhorar a descrição e pontuação.
No entanto, vou mesmo ter de encontrar uma justificação, pois eu não sabia disso. Na verdade apesar do título a história não é muito centrada nisso então vou corrigir algumas coisas.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Vepa
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 17061
Data de inscrição : 07/03/2011
Idade : 25
Localização : Francelos, Porto

MensagemAssunto: Re: A Filha de Ártemis   Dom Fev 24, 2013 11:52 am

Gostei bastante Mizore. O enredo está interessante e eu como sou futura aluna de História de Arte este tema deixa-me com mais vontade de ler (:
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://otaku-rpg.forumeiros.net
Tomoyo
Admin 2
Admin 2
avatar

Mensagens : 15524
Data de inscrição : 07/03/2011
Idade : 20
Localização : Porto , Gaia , Valadares , Francelos ...

MensagemAssunto: Re: A Filha de Ártemis   Dom Fev 24, 2013 12:21 pm

Gostei bastante, o tema estava interessante e o facto de não ter muita descrição captou-me a atenção (: Continua

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
hugo o.f.
Guerreira Lendária
Guerreira Lendária
avatar

Mensagens : 1138
Data de inscrição : 15/08/2011
Idade : 23
Localização : rua araguaia

MensagemAssunto: Re: A Filha de Ártemis   Ter Fev 26, 2013 10:17 am

que começe a aula em 4D. .-.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mizore
Guerreira Lendária
Guerreira Lendária
avatar

Mensagens : 2778
Data de inscrição : 14/08/2011
Idade : 21
Localização : no meu trono cor de rosa, acho ._.

MensagemAssunto: Re: A Filha de Ártemis   Ter Fev 26, 2013 10:21 am

Muito Obrigada, é bom saber que gostaram ((:
Demorarei um pouco mais a postar o cap. 2 ainda estou a reescrever e corrigir ; $
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Vepa
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 17061
Data de inscrição : 07/03/2011
Idade : 25
Localização : Francelos, Porto

MensagemAssunto: Re: A Filha de Ártemis   Qui Fev 28, 2013 9:16 am

Não tem problema Very Happy
Nós queremos é que venha Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://otaku-rpg.forumeiros.net
Mizore
Guerreira Lendária
Guerreira Lendária
avatar

Mensagens : 2778
Data de inscrição : 14/08/2011
Idade : 21
Localização : no meu trono cor de rosa, acho ._.

MensagemAssunto: Re: A Filha de Ártemis   Qui Fev 28, 2013 10:08 am

Okay ; $
Acho que este capítulo está ainda pior, a ideia para o capítulo surgiu-me quando eu decidi ler um bocado sobre Ártemis para dar um rumo à fic.

Capítulo 2
_____________________________

No último capítulo:
Olhei em volta e vi um templo Grego erguido sobre pilares rijos de pedra, jardins verdes e alguns edifícios mais pequenos num extremo do horizonte.
-Bem-vinda, filha de Ártemis. - uma mulher ruiva saudou-me.
(...)
-Filha de Ártemis? Quem és tu? Onde estou?
-Eu sou a Karen e tu estás no Olimpo.
-Como?
Karen sorriu da minha expressão de admiração e disse.
-Não te preocupes tudo começará a fazer sentido de agora em diante.
Karen, começou a andar em direcção à entrada de um edifício pequeno e acolhedor. Quando chegamos, ela abriu a porta espreitou para o interior da sala e depois entrou, puxando-me.
-Hey, pessoal! - ela chamou as pessoas que se encontravam na sala.
Eram três rapazes e duas raparigas, as raparigas eram ambas morenas, enquanto dois dos rapazes eram loiros e o terceiro tinha cabelo negro.
Toda a gente focou a sua atenção em mim e em Karen, ela apontou para mim sorridente e decidiu apresentar-me.
-Esta é a Dylan, a semi-deusa que Ártemis proclamou.
Eu olhei para ela confusa e de seguida para as pessoas que eu desconhecia até agora, o loiro de olhos azuis levantou-se e tratou de quebrar o silêncio.
-Olá Dylan. - ele começou amigavelmente - Eu sou o Ryan, o outro loiro é Taylor, o moreno calado é Kyle e essas são Allyson e Lucianna.
-Ele é o filho de Apolo, de alguma forma ele é teu parente uma vez que é o filho do irmão de Ártemis. Taylor é o filho de Adónis, Kyle é filho de Ares e os três usam mais armas do que qualquer outro dom de que sejam possuidores e estas são Allyson e Lucianna as filhas de Poseidon.
-Ah...Olá. - eu acenei
Karen trocou olhares com os presentes na sala e depois puxou-me para sair.
De seguida, fechou a porta e continuou a andar em direcção a um banco de pedra.
-Espera. - eu pedi.
Karen parou junto do banco de pedra e sentou-se como se estivesse à minha espera, eu avancei e sentei-me ao seu lado.
-O que queres saber ao exacto? - ela perguntou
-A minha história, à uns minutos eu achava que era Dylan Young uma estudante universitária e agora sou Dylan a filha de Àrtemis.
-Oh isso... - ela suspirou como se fosse simples. - Tu nasceste no decorrer da guerra de Troia, em que Ártemis participava, sem condições para tratar de ti ela entregou-te a Hermes e ordenou que ele te enviasse para o mundo humano selando as tuas capacidades enquanto semi-deusa, no fim da guerra houve mais uma disputa habitual entre Hades e Atena que abalou todo o Olimpo, quando a situação melhorou à uns anos atrás os Deuses enviaram os seus filhos para aqui, onde nós os preparamos para tomarem o lugar dos pais quando for necessário, Ártemis só te proclamou à pouco porque como deves calcular foi difícil voltar a encontrar-te e aqui estás tu como sucessora de Ártemis.
No fim da explicação eu olhei para Karen com admiração e choque, como poderia ser eu a sucessora da deusa Ártemis? Uma Deusa que representa a lua e a caça? Olhei para mim e realmente não me parecia que eu fosse conseguir me tornar numa Deusa, talvez Ártemis devesse pensar em ter outra filha.
-E o que vou ter de aprender exactamente? - eu perguntei pensativa
-Manejar armas, tens de ser uma boa guerreira, a usar o poder da lua, deves manipular os poderes da tua mãe na perfeição e por fim algo útil que a tua mãe aprendeu com Acteão antes de provocar a sua morte foi como dominar a matilha, mas, tu ficarás apenas por um lobo que será teu companheiro.
Ela estendeu a mão entregando-me uma pequena caixa de madeira, eu peguei na caixa cuidadosamente e abri apenas metade, de imediato uma luz incandescente me cegou tal como quando eu fui transportada e quando ela cessou um lobo negro estava na minha frente.
Eu encolhi-me e encostei-me para trás no banco, olhei para o lobo que permanecia parado com dentes cerrados e olhos fixados em mim.
-Então...esse lobo é para quê mesmo?
Karen deu um suspiro pesado e senti-me um pouco envergonhada.
-A tua mãe foi considerada protectora e deusa da caça pois tinha comportamentos cruéis na altura, - ela fez uma pequena pausa - antes de matar Acteão ela aprendeu a dominar os seus poderes e usar a sua sabedoria para comunicar e ordenar os lobos, neste caso a matilha de Acteão. - Karen finalizou a explicação.
Eu acenei positivamente e dei um pequeno sorriso dando a entender que havia percebido Karen, olhei para o lobo negro e ainda pouco confiante pousei a mão sobre a sua cabeça fazendo-lhe uma festa.
-Ela é amigável, não te preocupes. - Karen sorriu
-Qual é o nome dela?
-Sky, é melhor acustomares-te a ela.
-Sim...-eu falei baixo acariciando a nuca da Sky
Comecei a pensar um pouco sobre o que Karen me havia explicado e curiosa decidi fazer uma pergunta.
-Karen?
-Sim? - ela perguntou encarando-me
-Onde é suposto eu desenvolver minhas capacidades e além de puder falar com os lobos o que posso eu mais fazer?
-Bem... - ela começou um pouco duvidosa - é a única coisa estranha em ser semi-deus, além da sua defesa pessoal e luta com armas, vocês aprendem sim a desenvolver capacidades sobrenaturais, no entanto essas não são provenientes dos seus pais, pois eles variam bastante por muito incrível que seja. As suas capacidades apenas começam a ser treinadas quando estas se manifestam de modo a puder identificá-las e desenvolvê-las com os metedos adequados para o seu desenvolvimento.
Eu retirei a minha mão da nuca de Sky e a apoiei no banco, levantando-me de seguida e fitando o horizonte.
-Ah... - Karen acrescentou - quanto ao sítio onde vais treinar, vais ficar na nossa escola como os outros, têm consciência que será impossível sair das fronteiras.
Quando Karen acabou de falar eu olhei para ela indignada.
-E se eu recusar?
-Aqui ninguém faz propostas, querida. - ela disse um pouco triste
-Também és obrigada a estar aqui? - eu perguntei curiosa
Ela olhou em volta discretamente e fez um sinal para eu não falar, como se alguém nos pudesse ver. Karen levantou-se e pediu que eu a seguisse.
Sky esvaneceu-se em luz negra, eu parei e olhei atentamente para o lugar onde Sky havia desaparecido, mas Karen interrompeu a minha concentração.
-Huh...não vale a pena esperar que Sky volte a aparecer tão cedo. - Karen disse
-Porquê?
-A Sky acompanha-a para que possa aprender a comunicar com os lobos, no entanto, precisas de ter poder suficiente para controlá-la, conseguir entendê-la ou comunicar com ela, pois será difícil.
Acenei com a cabeça e voltei a segui-la.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Takeru
Admin 3
Admin 3
avatar

Mensagens : 8407
Data de inscrição : 10/03/2011
Idade : 22
Localização : Porto, Gaia , Oliveira do Douro

MensagemAssunto: Re: A Filha de Ártemis   Qui Fev 28, 2013 11:32 am

Tá bom, continuas é com os mesmos problemas das vírgulas e das letras maiúsculas e minúsculas...

_________________

Spoiler:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://animemanga.ativo-forum.com/forum
Tomoyo
Admin 2
Admin 2
avatar

Mensagens : 15524
Data de inscrição : 07/03/2011
Idade : 20
Localização : Porto , Gaia , Valadares , Francelos ...

MensagemAssunto: Re: A Filha de Ártemis   Qui Fev 28, 2013 11:35 am

Gostei bastante, está a ficar muito interessante (:

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mizore
Guerreira Lendária
Guerreira Lendária
avatar

Mensagens : 2778
Data de inscrição : 14/08/2011
Idade : 21
Localização : no meu trono cor de rosa, acho ._.

MensagemAssunto: Re: A Filha de Ártemis   Qui Fev 28, 2013 11:36 am

Bahh esqueci-me disso >.<
Obrigada Takeru e obrigada Tomoyo : D
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
hugo o.f.
Guerreira Lendária
Guerreira Lendária
avatar

Mensagens : 1138
Data de inscrição : 15/08/2011
Idade : 23
Localização : rua araguaia

MensagemAssunto: Re: A Filha de Ártemis   Sex Mar 01, 2013 6:26 pm

levando em consideração o drama, a resposta dela será não. e.e
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Vepa
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 17061
Data de inscrição : 07/03/2011
Idade : 25
Localização : Francelos, Porto

MensagemAssunto: Re: A Filha de Ártemis   Ter Mar 05, 2013 1:33 pm

Está muito interessante Mizore tens de continuar quero saber mais Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://otaku-rpg.forumeiros.net
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: A Filha de Ártemis   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
A Filha de Ártemis
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Nascimento do mundo :: Viver :: Fanfics-
Ir para: